'Até em si é difícil de entender,enigma ou não só é isso que sei dizer...Pouco entendo de um 'tudo' e 'tudo' entendo de um 'nada',assim sou eu horas nítida outrora embaçada..Eu não preciso abrir os olhos para esse exterior,ele só tem o que não quero,se desfaz em horror.Quando me vejo observo-me na imensidão de olhos fechados me encontro em turvação.'

Ranielle Ferreira

.

 

-

Queria ser uma borboleta,queria ser uma abelha,queria ser o sol,queria ser a lua,queria ser a manhã,queria ser a rua,queria ser um sorriso ,queria ser um olhar,queria ser um dos tecidos,para contemplar... A beleza dos batimentos de um grande coração que, quer ser tantas coisas e nem uma delas são .

 

http://pensador.uol.com.br/autor/ranielle_ferreira/